Um Comentário

  1. Alexandre, como disse ontem, fiquei profundamente tocada pela força do seu trabalho e pela sutileza das suas palavras ao abordar questões humanas tão esquecidas… acordei hoje como o Rafael, me sentindo como há muito não me sentia. Vou ler sua dissertação e assim que o fizer posto minhas impressões,
    um forte abraço e muito obrigada!
    prof. Angela Rodrigues/Centro Universitário Moura Lacerda/Ribeirão Preto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *